ico mapa site Mapa do Site            ico rss Assine nosso Feed              yt ico
feed-image RSS
24/06/16

Engenharia brasileira reúne-se em Rio Branco

Dentro da concepção do desenvolvimento sustentável, FNE participa de evento que reuniu profissionais e especialistas na Capital acriana.

“Hoje e amanhã, Rio Branco é a capital da engenharia nacional”, comemorou o prefeito da cidade Marcus Alexandre,  na abertura do Fórum de Engenharia e Desenvolvimento Sustentável, promovido pelo Senge Acre e pela FNE, nos dias 14 e 15 de junho.

Integrante do projeto "Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento" e promovido no espírito do movimento“Engenharia Unida”, o evento reuniu profissionais e estudantes do município, além de visitantes de várias partes do Brasil, no auditório da Universidade Federal do Acre (Ufac).

Anfitrião da atividade, o presidente do sindicato Sebastião Fonseca também destacou a importância de reunir a engenharia brasileira em Rio Branco para discutir o crescimento da cidade, do Estado do Acre e do Brasil. Minoru Martins Kinpara, reitor da Ufac, saudou o compromisso do Senge com o desenvolvimento, a importância da atividade e da categoria: “Países que trilharam o caminho do desenvolvimento optaram por ciência, tecnologia e inovação. As soluções para o Estado e o País passam pelas mãos dos engenheiros.”

O secretário estadual de Meio Ambiente, Carlos Edgar de Deus, também parabenizou o Senge e a FNE “pelo trabalho extraordinário em relação ao Rio Acre”. Ele manifestou a gratidão do governo do Acre pelo empenho dos técnicos envolvidos no projeto que visa buscar soluções para a variação de vazão do rio, cujas cheias e secas prejudicam a população com graves inundações ou com cortes no abastecimento de água. Em 2015, conforme informou  Marcus Alexandre, devido às fortes chuvas, foi decretado estado de emergência em oito municípios simultaneamente.  “Neste ano, estamos trabalhando para recuperar os danos causados. Espero que a engenharia nos ajude a encontrar a solução”, afirmou o prefeito.

O primeiro passo dessa tarefa foi apresentado durante o Fórum de Desenvolvimento Sustentável: os resultados da expedição ao Rio Acre realizada por 26 profissionais, em março último, com o objetivo de levantar dados que sirvam de base à implementação de soluções técnicas e políticas públicas ao problema (veja abaixo as apresentações). As informações obtidas foram sistematizadas e publicadas no relatório “Levantamento das condições geológicas e hidrológicas do Rio Acre para implantação de medidas estruturantes de regularização de vazão e contenção de enchentes”, lançado no evento. 

Ainda à abertura, a equipe de expedicionários, que teve a coordenação da bióloga Vera Lúcia Reis, foi homenageada pelo Senge e pela FNE. 

Em defesa da profissão e do País
O presidente da FNE, Murilo Pinheiro, cumprimentou os profissionais que atuaram no trabalho de pesquisa no Rio Acre e lembrou que a iniciativa coaduna-se com o projeto “Cresce Brasil”, que desde 2006 atua na formulação de proposições pelo crescimento econômico do País e melhoria da qualidade de vida da população.

Para o dirigente, também está na pauta da entidade, e do conjunto de forças que compõem a Engenharia  Unida, a discussão da crise que assola o País. Para ele, é responsabilidade da engenharia, “que deve ser um propulsor do desenvolvimento”, apresentar soluções para ajudar o Brasil a retomar a normalidade na atividade econômica. Ele fez ainda um chamado à participação política de todos, especialmente da juventude que compareceu em peso ao auditório da universidade federal. “Não podemos deixar de nos indignar e temos que dar a nossa contribuição”, asseverou.

Juventude e inovação
Os desafios do jovem profissional foi o tema abordado por Marcellie Dessimoni, coordenadora do Núcleo Jovem da FNE. Em diálogo com a plateia, ela convidou os estudantes presentes a fazerem a reflexão sobre o que o mercado de trabalho e a sociedade esperam daqueles que em breve serão responsáveis por operar o sistema produtivo no Brasil. Entre as características essenciais, concluiu ela, estão a ética e a capacidade de inovar e liderar.  E fez uma aposta para o futuro próximo: “Somos a geração que pode transformar o Brasil.”

Na mesma linha, o coordenador do Conselho Tecnológico do Seesp, José Roberto Cardoso, afirmou ser essencial que o engenheiro seja criativo, inovador e empreendedor. Ele lembrou ainda que a academia precisa ampliar o foco na formação, que deve voltar-se também ao mercado, deixando de privilegiar a ideia de multiplicar cientistas e pesquisadores.

Bambu e mobilidade
Na programação do dia 15, além da apresentação do relatório da expedição ao Rio Acre, o Fórum de Desenvolvimento abordou o potencial agroindustrial do bambu, de grande potencial no Acre. Para falar sobre o tema foram escalados Mark James Neeleman, presidente da BaamboozAr, a arquiteta Marlúcia Cândida de Oliveira Neves e Dixon Gomes Afonso, presidente  do Instituto SIAmazônia.  O secretário estadual de Agricultura e Pecuária, José Carlos Reis da Silva, também compôs o painel e falou sobre a produção agrícola local.

Os desafios da mobilidade foram o assunto tratado pelo prefeito Marcus Alexandre, pelo secretário Municipal  de Desenvolvimento e Gestão Urbana, Ricardo Araújo, pelo deputado estadual Jamyl Asfury (PDT) e pelo arquiteto Jorge Silveira. O jornalista e blogueiro Altino Machado atuou durante a programação de todo o dia como mediador dos debates. Confira abaixo as apresentações.

Rita Casaro/Imprensa Seesp

Confira as apresentações

Mobilidade – Marcus Alexandre
Mobilidade – Jorge Silveira
Mobilidade – Jamyl Asfury
Produção Bambu – Dixon Gomes Afonso
Expedição Rio Acre – Vera Reis
Expedição Rio Acre – Ana Cristina Strava Correa
Expedição Rio Acre – Amilcar Adamy
Expedição Rio Acre – Franco Turco Buffon
Expedição Rio Acre – José Roberto Campos da Veiga

 

Leia também



+ Notícias

Adicionar comentário

Ações

Uma iniciativa da CNTU em prol do desenvolvimento nacional e do bem-estar da população. São oito temas para ajudar a mudar o Brasil.

Saiba mais

Biblioteca CNTU

Um espaço para você encontrar facilmente informações organizadas em apresentações, artigos, legislações e publicações.

Saiba mais

AGENDA

11/12/2019
Dia do Engenheiro
 SDS Edifício Eldorado, sala 108 - Brasília/DF

Tel (61) 3225-2288

© Copyright 2015 - Confederação Nacional dos Trabalhadores
Liberais Universitários Regulamentados 
Fundada em 27 de dezembro de 2006.