ico mapa site Mapa do Site            ico rss Assine nosso Feed              yt ico
feed-image RSS
13/08/18

Novos conselheiros consultivos da CNTU tomam posse

Na tarde de 10 de agosto , no auditório do Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp), na capital paulista, foram empossados novos membros do Conselho Consultivo da CNTU, durante sua 13ª Plenária. Agora são 1.365 integrantes do chamado “Conselho das 1.000 Cabeças”.

 

No ensejo, foi aprovada por unanimidade a Carta da 12ª Jornada Rumo ao Brasil 2022, que incluiu tal iniciativa e teve como tema “A CNTU e as eleições 2018: democracia, desenvolvimento e trabalho”.

À oportunidade, o diretor de articulação nacional da CNTU, Allen Habert, saudou os novos conselheiros e destacou: “A ideia é ter em 2022 – ano em que se comemora o Bicentenário da Independência do Brasil e os 100 anos da Semana de Arte Moderna – 22 mil conselheiros. Vamos empurrar os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, bem como o Ministério Público, a avançarem rumo ao país que queremos.” O presidente da entidade, Murilo Pinheiro, concluiu apontando para “a grandeza de nossas profissões, cada vez mais contribuindo ao Estado e ao Brasil”. E frisou a importância do pleito para se retomar a rota do desenvolvimento nacional: “Vamos exercer nossa cidadania e festejar as eleições.”

Virar o barco

Nessa direção, a economista Ceci Juruá, conselheira consultiva, salientou: “Quiseram destruir tudo aquilo por que lutamos: desenvolvimento, democracia e trabalho. Nossa resposta é a resistência, o que significa ter confiança no nosso povo, que há mais de cinco séculos luta por sua sobrevivência e construiu tudo neste país. Viraremos esse barco.”

Presidente da Comissão de Justiça e Paz e empossado novo conselheiro consultivo da CNTU, o advogado Antônio Funari Filho apontou: “Democracia se funda em quatro pilares: igualdade, liberdade, solidariedade e participação. Ainda estamos construindo esse processo nacional. E a CNTU cumpre papel importante nesse sentido.” Para ele, o momento é de apresentação “de nossas propostas”. Também passando a integrar o Conselho Consultivo da confederação, o jornalista Laurindo Lalo Leal Filho destacou a importância de se pautar a necessária democratização dos meios de comunicação entre as contribuições a serem apresentadas à sociedade e aos candidatos nestas eleições. Também frisou a demanda de resgate do “sentido público da EBC (Empresa Brasileira de Comunicação)”. Além disso, a importância de se fortalecerem os sindicatos. O economista João Luiz Vidal, por sua vez, salientou o crime contra a nação que representa a lei do teto dos gastos (Emenda Constitucional 95).

Já José Ruben de Alcântara Bonfim, também empossado durante a plenária, lembrou de duas distorções que precisam ser corrigidas: no ensino básico e de dominação da indústria farmacêutica. E a bióloga e animadora cultural Karina Rodrigues Pereira, ao passar a integrar o Conselho Consultivo, indicou: “Temos meios, capacidade e mão na massa para fazer a reorganização da sociedade brasileira.” Para ela, nessa linha, é preciso “cuidar da nossa juventude e injetar-lhe cultura.” Também novo conselheiro, o técnico Alcides Edílio Valente saudou a entidade: “Espero que tenha longa vida.”

 

 

>>> Confira o evento na íntegra na fanpage da CNTU primeira parte e segunda parte

 

Soraya Misleh/Comunicação CNTU

 

 

Leia também:



+ Notícias

Adicionar comentário

Ações

Uma iniciativa da CNTU em prol do desenvolvimento nacional e do bem-estar da população. São oito temas para ajudar a mudar o Brasil.

Saiba mais

Biblioteca CNTU

Um espaço para você encontrar facilmente informações organizadas em apresentações, artigos, legislações e publicações.

Saiba mais

AGENDA

11/12/2019
Dia do Engenheiro
 SDS Edifício Eldorado, sala 108 - Brasília/DF

Tel (61) 3225-2288

© Copyright 2015 - Confederação Nacional dos Trabalhadores
Liberais Universitários Regulamentados 
Fundada em 27 de dezembro de 2006.